quinta-feira, 28 de agosto de 2008

Diário de Construção de Frameworks

Um framework é um esqueleto de projeto, utilizado para padronizar a construção de aplicativos.

A adoção de um framework começa pela definição dos padrões visuais de uma corporação, assim com as regras e diretrizes para a padronização das linguagens de programação e posteriormente a construção de ferramentas para automação dos processos de desenvolvimento.


Para ter força, um framework deverá ser facilmente entendido, documentado e principalmente dar retorno as necessidades da empresa.


Os aplicativos construídos a partir de um framework existentes, deverão ser auditados, para verificar níveis de aderência e principalmente para verificar o ciclo de vida de produtos e soluções do framework que devem ou não ser aplicados.

Um framework deve se basear em padrões de projetos, e deverá utilizar soluções robustas já catalogadas.

Impostos por normas e procedimentos de uma empresa, um framework permitirá a mesma ter retorno a curto e médio prazos no processos de manutenção de sistemas.


Existem 2 perfis de frameworks:

Aplicados a construção de projetos rápidos. (geradores de códigos)
Estruturais feitos para facilitar manutenção de aplicativos (apenas padronização)


Será que vale a pena construir um framework? ou adaptar um com as soluções de mercado
Postar um comentário