quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

GoldPlated

Como consultor em algumas empresas percebi como é facil que os recursos dos projetos escorram por entre os dedos quanto tempos problemas de alocação de recursos.
Sejam estes recursos, tão disputados por uma matrix funcional que horas pende para a prioridades emergenciais do dia a dia.

Seu projeto acaba sendo minado por uma avalanche de pequenos minorys que vão tirando o foco da equipe principal para apagar incêndio.

É verdade que não temos um mundo perfeito, e tanto não sabemos as verdadeiras prioridades do nosso cliente. Mas quando somos focados e contratos para um projeto fica facil perceber este problema.

O grande desafio é um estrutura multi-projeto onde você precisa ficar trocando de contexto a toda hora.

Sim, temos a capacidade de delegar e sermos multi tarefas, mas até o próprio paralelistmo tem seus limites e eficácias.

Existem algums processos que são monolíticos e seriais e não podem ser quebrados.


Acredito que os mesmos termos aplicados em escalonamento de processos podem definir as trocas de contexto também em atividades nos projetos.

A própria troca de contexto, tem um custo e alto, pois precisamos empilhar o que estamos fazendo para não apenas largar tudo de uma hora para outra. Para que possamos voltar do ponto que começamos.

Acho que o segredo para tudo é a organização e o processo.

Sim, desenvolvimento é um processo criativo pois trabalhos com projeto e como o próprio nome já diz: "Um esforço único que ainda não foi feito".



Gigantes são os ombros dos quais me apoiei, Issac Newton.
Postar um comentário