terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Dev Express - Resumo


Conversando com algums amigos meus que partiram para empreitada de continuar com o XAF e o framework da DEV para fazer todo o MVC, depois de 1,5 anos insistindo chegaram a seguinte conclusão:


Para um aplicativo, de mais de 400 telas, onde se gastou meses para estabilizar regras de negócio, as atualizações quinzenais da Dev Express seriam comparar a um jogo de batalha naval, uma hora ou outra uma nova atualização quebraria funcionalidades já implantadas.

Os mesmos decidiram abandonar o modelo MVC e reaproveitar a parte de negócio que já estava codificada. As novas telas seriam feitas em ASP.NET mesmo, pois são muito customizadas.

Excelente framework para criar sistemas de cadastro, mas quando se trata de aplicativos realmente complexos, não existem milagres.


Na época fui contra (depois de trabalhar uns 6 meses) com a platorma porque a dinâmica de atualizações do framework mostrar como o mesmo não era robusto.

Gastávamos mais tempo com break-changes, do que realmente fazendo nosso trabalho de codificar regras de negócio e terminar as telas.

É complicado quando se usa uma arquitetura, onde o principal arquiteto ainda está aprendendo com ela.


Pode ser que daqui algum tempo (a Dev é excelente e eu sempre me suprendo com eles) eles lançem algo novo e revolucionário. Mas para investir em um aplicativo novo, use sempre minha fórmula.

Seu prazo é curto e você ainda quer se arriscar em usar algo que não conhece?
Diminua os riscos! Não improvise, profissionais não contam com a sorte.

Use algo que você tem certeza que vai resultado.

O tempo não para! E em projetos, está é uma vorax realidade.
Postar um comentário