segunda-feira, 5 de agosto de 2013

printf("Hello World");

Na semana passada nasceu meu 2° filho, Miguel, para alegria geral da nação :-)


Foi uma semana emocionante, recepcionar aquela vidinha nova entrando em novas vidas preenchendo as lacunas de pais que já estavam mimando demais o 1° filho.

Durante esta semana, tive a oportunidade de me dedicar 100% para minha família e viver esta experiência junto com minha querida esposa da melhor forma possível.

Mas apesar de ser um assunto pessoal, por que relatar ele no blog?

Oras, sou humano também e esta é a graça da vida.

Nossa tecnologia  sempre ao nosso lado servindo para nos facilitar, organizar, armazenar e disponibilizar informações instânteas....

Então, foi desta vez que pude notar algumas diferenças do período do primeiro filho...

Quando cheguei no hospital, depois de instalar minha esposa... guardar as coisa no quarto..e me preparar para o corredor onde eu deveria aguardar até ser chamado no momento do parto...

Fiquei numa salinha esperando ser chamado...10 minutos e nada...Chamei uma enfermeira e pedi a senha do Wifi....

Conectei meu Skype... e avisei minha sogra (olha eu tenho sorte em ter a dona Dina como sogra... ela é gente fina mesmo)...

Me chamaram para o parto.. e eu estava la com meu Ipad... skype ligado... e transmitindo via vi´deo o meu filho para minha sogra e sogro verem... chamei meu filho e falei... filho olha só o seu irmãozinho...


Estamos sozinhos no hospital, pois foi uma "emergência" e a tecnologia neste caso pode transmitir a milhares de kilometros do hospital a emoção que eu sentia e tb ver o resto da familia vendo o novo membro...

Sabe nesta hora eu não pensei em C++, C, Python, .NET, Java...

Eu só queria que as coisas fossem fáceis e não falhassem...

Para mim é assim que os sistemas tem q ser... robustos, simples e que não travem.

Para mim aquele momento não tinha preço... deixei gravando... fiquei andando pelo hospital usando o Wifi e mostrando o lugar q estávamos...
Segurança? Eu me preocupei com https? ssh?  ou sei mais o quê? Não....

Nesta hora eu dava graça a Deus, por minha esposa estar bem... a medicina a salvou, pois o bebê estava com o cordão umbilical enrolado... (muito pessoal isto?) não é um milagre, naquela hora, era um médico, uma equipe fazendo o seu trabalho... (bem na semana de manifestações dos médicos e paralisação de consulta não eletivas...)


Sabe entendo os usuários, eles querem coisas simples que funcionem, sejam móveis e bonitas, e q não os escravizem.


Foi uma semana bacana, minha esposa tava no leito, curtindo no Facebook o filho novo, enviando fotos para família, monstrando via vídeo... para toda a parentada...Evitamos muitas visitas (não que não queríamos) mas é por que estavamos cansados e precisamos dormir...

Fiquei 3 dias com ela como acompanhante, cuidando, sai para buscar fraldas , mas antes tava na internet procurando no Google Maps onde era mais barato e qual modelo usar... Pampers.. RN(recem nascido)...

A tecnologia existe, alguns usam para proveito próprio, diversão, etc.
Não julgo, a tecnologia é extensão do que queremos e precisamos e em cada fase da vida é diferente.

Por isto sempre existiram, games, sistemas, web, coisas serias, coisas xxx, coisas mp3 etc...

Sempre existirão paradigmas, linguagens diferentes, pois as pessoas são diferentes, culturas diferentes, idades diferentes, necessidades diferentes...


===> Familias, crianças, empresas, negócios, video games, celulares, elevadores, eletrodomesticos....

Seja qual for a sua linguagem use o seu talento para fazer o melhor q puder.

Seu software pode ser vital para quem vc menos espera...

Este é o seu compromisso.





Postar um comentário